Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Universo Virtual

Estudos realizados pelos cientistas da Northwestern University podem ajudar as pessoas que não têm acesso ou não gostam de tratamentos tradicionais. O grupo pesquisa tecnologias web e mobile para tratar depressão e outros transtornos de humor. “Estamos inventando novas maneiras para que a tecnologia ajude pessoas com problemas de saúde mental”, diz o psicólogo e professor de medicina preventiva na Feinberg School da Northwestern University, David Mohr.

Celular Entre os projetos do Center for Behavioral Intervention Technologies, estão:

Um smartphone que adivinha seu humor

Esse smartphone, Mobilyze!, está em fase de testes e promete manter as pessoas com tendência à depressão em um padrão positivo de comportamento.

O celular capta sinais de depressão usando os dados do próprio telefone: localização, nível de atividade (acelerômetro) e contexto social.

É como se o telefone “sentisse” se a pessoa está fazendo atividades fora do padrão. O aparelho sugere que a pessoa ligue para amigos ou os encontrem.

O frasco de comprimidos inteligente

Pacientes depressivos, que se esquecem de tomar a medicação, recebem lembretes que avisam o médico das doses consumidas e sugerem alterações na receita. Esse sistema pode ser usado para pacientes com esquizofrenia ou HIV.

Adulto virtual que ajuda os adolescentes tímidos

Um humano virtual programável pode ajudar adolescentes e jovens a melhorar habilidades sociais. Estudos anteriores indicam que intervenções comportamentais previnem a incidência de depressão nos jovens que têm dificuldade com interações sociais. O protótipo está em fase de testes pelos pesquisadores da Universidade de Southern California.

Apoiar os pacientes com câncer

Conteúdo online, feito para ajudar sobreviventes de câncer a lidar com depressão e estresse, funcionam melhor quando há um humano para ligar ou mandar um e-mail de vez em quando. O grupo de pesquisa do professor Mohr está desenvolvendo uma rede social fechada, numa espécie de aprendizado colaborativo. A interação permite que as pessoas recebam feedbacks do grupo, compartilhem objetivos e sejam atenciosos aos membros que ficam offline por muito tempo.

 

 

 

Comentar

Código de segurança
Atualizar