Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Universo

"O Very Large Telescope é um dos principais da organização de pesquisa astronômica".


O ESO (Observatório Europeu do Sul) divulgou uma fotografia da Nebulosa Guerra e Paz com ajuda do Very Large Telescope (VLT). Ela foi considerada a imagem mais detalhada feita até hoje desse berçário estelar.



Segundo o ESO, a fotografia exibe muitas estrelas quentes jovens, além de nuvens brilhantes de gás e formações de poeira esculpidas de forma pouco comum por causa da radiação ultravioleta e dos ventos estelares.
Lampadas ligadas
A imagem tem uma faixa de poeira que atravessa o centro e que absorve a radiação emitida pelos objetos mais distantes. A região central brilhante da nebulosa possui um aglomerado de estrelas de grande massa, consideradas as mais brilhantes da nossa Galáxia.

À direita da fotografia está um pequeno aglomerado de estrelas jovens, azuis e esbranquiçadas, que se formaram a partir do gás. Toda a imagem também está coberta por traços escuros de poeira cósmica.

A NGC 6357 foi nomeada de Nebulosa Guerra e Paz porque os astrônomos identificaram uma pomba e uma caveira nas imagens feitas do berçário. Essa nebulosa fica na constelação de Escorpião, nas profundezas da Via Láctea.

O Very Large Telescope é um dos principais da organização de pesquisa astronômica, localizado no Chile. Ele é capaz de detectar a radiação infravermelha que rompe a barreira de poeira e consegue chegar até nós.

 

 

Fonte: Exame Info

 

 

Comentar

Código de segurança
Atualizar