Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Atitude
Surfistas californianos entediados no período sem ondas usaram sua criatividade para encontrar uma maneira de se divertir. Foi em meio a esse tédio que prenderam sobre um pedaço de madeira um par de patins, sem saber que estavam prestes a criar um dos maiores esportes radicais do mundo, o Skateboarder.

 

Atitude

De inicio era tudo muito precário, skates sem nose nem tail, apenas uma tábua e quatro rodinhas.

No verão de 1965, na Califórnia, surge uma das grandes bandas de rock, The Doors. A banda foi buscar o nome ao livro The Doors of Perception, de Aldous Huxley, que por sua vez o tinha ido buscar a um poema de William Blake, artista e poeta do século XVIII que dizia: “If the doors of perception were cleansed, everything would appear to man as it is: infinite” (se as portas da percepção fossem abertas, tudo apareceria ao homem como realmente é: infinito). Criada por Jim Morrison e Ray Manzarek, que haviam acabado de se formar em cinema pela UCLA. Neste mesmo ano, é que foram comercializados industrialmente os primeiros skates e surgiram as primeiras competições. Naquela época era composta apenas pelas modalidades de dowhill, barrel jumping, hight jumping, slalom e Freestyle.

Enquanto ousavam nas manobras, a banda The Doors gravava sua primeira fita demo no estúdio Wolrd Pacific, em setembro de 1965, com as seguintes faixas: Moonlight Drive, Hello, I Love You, Summer’s Almost Gone, My Eyes Have Seen You, End of the Night e Go Insane.

O mundo do Skate dava seu grande impulso saindo da era do uso de rodinhas feitas de ferro/aço, herança dos velhos patins de 1920(30), passando por uma pequena evolução no final dos anos 60 com a criação de rodas de Baquelite (material que é feito cabo de panelas) e também com um tipo de ‘’massa de granito’’ chamado Clay, porém a durabilidade era pouca, foi criado então, finalmente, por Frank Nasworthy, vindo da Virginia para a Costa Oeste, em 1971, estudante universitário de engenharia química e ex-East Coast, a rodinha feita à base de poliuretano, que revolucionou o skateboarder. Enquanto isso no mundo da musica uma perda acontecia, foi encontrado morto em seu apartamento em Paris, França, onde residia com Pamela Courson, Jim Morrison, vocalista da banda The Doors. Nos laudos médico apresentou-se como causa da morte um ataque cardíaco possivelmente causado por problemas respiratórios, sempre houve um questionamento se a causa real da morte não tenha sido por uma overdose. Os outros componentes da banda tentaram prosseguir sem Jim, mas encerraram suas atividades depois de dois discos.

Com as novas rodas que permitem uma maior aderência e silenciosas, estava dado o empurrão que faltava para decolar de vez o esporte. As primeiras pistas eram reservatórios de água e piscinas, as piscinas passaram a ser projetadas com o intuito de serem usadas para a pratica do esporte, de inicio no período sem ondas e com a evolução do esporte somente para a sua pratica. Era o passatempo favorito dos skaters, procurar locais abandonados para utilizar seu espaço como pista. Ao mesmo tempo surgiam os skateparks, áreas específicas para a pratica, com a criação desses surgiam os circuitos de campeonatos, com duas modalidades: bowl Riding e Freestyle.

O tempo foi passando e muitas pistas foram fechadas, devido a desenhos ruins e outras não conseguiam resistir à especulação imobiliária. O skate passou por um longo período underground, voltando com fôlego total, com rampas agora na forma de madeiras aglomeradas por geralmente áreas cobertas. Tipicamente urbano, o skate se mantém em constante desenvolvimento, a cada remada, pistas novas vão surgindo pelo mundo inteiro, estilos com uma variedade enorme de manobras, tudo se torna obstáculo para ser ultrapassado, seja calçada, corrimão, meio-fio, bancos, rampas, piscinas abandonadas, não importa o que seja contanto que as rodinhas possam deslizar e os ollies e flips possam ser realizados.

Em 2002 os The Doors escalam o vocalista do The Cult e volta à ativa, com Lan Astbury no lugar de Jim Morrison e Stewart Copeland, ex- Police, no lugar de John Desmore, com a intenção de realizar shows em 2003 e voltar ao estúdio para gravar o primeiro álbum da banda em 25 anos. Utilizou o nome The Doors Of The 21st Century, o que causou um racha quando a turnê foi iniciada, por motivos de direitos autorais. Em 2013, após a morte do tecladista Ray Manzarek, devido a um câncer, os integrantes Robby Krieger e John Densmore deixaram de lado todos os empecilhos e rixas para prestar uma homenagem ao companheiro em pelo menos um concerto que ainda não possui data. Tanto na musica como no skate existem momentos bons e ruins, quando você acerta uma manobra ou cria um novo ritmo, quando você conhece novos picos ou conhece novos estilos musicais, às vezes em equilíbrio ou não, quando cai da rampa ou perde um show, não importa o que seja.

A ligação entre o indivíduo e o que gosta de fazer, seja com um shape sobre os pés ou uma guitarra na mão, é cada vez mais forte quanto mais se desenvolve e se pratica. Assim como uma banda lendária surgiu e carrega até hoje fãs de diferentes gerações o skateboarder carrega marcas de uma evolução sentida na pele, que só consegue explicar, ou não, quem vive. Dizem que quem vive de passado é museu, acredito que quem procura estudar o passado acrescenta conhecimento ao seu mundo e faz com que a história não se perca. Daqui a algum tempo nós de hoje seremos o passado de amanha e com certeza queremos ser lembrados.

 

Beatriz Corrêa
http://beeacorrea.blogspot.com.br/

Comentar

Código de segurança
Atualizar

Criptomoedas

Cotação em tempo real. Ideias...

Visitar
image1

Açoes

Ações em tempo real. Ideias...

Visitar
image2

Mente

O cérebro em detalhes.

Visitar
image3