Os confirmados representam quase 28,3% do total e irão trabalhar em 217 municípios e dez distritos de saúde indígena.

No segundo mês de seleção do Mais Médicos, 400 profissionais formados no Brasil homologaram a inscrição. No total, 1.414 médicos se inscreveram.

Os confirmados representam quase 28,3% do total e irão trabalhar em 217 municípios e dez distritos de saúde indígena. Os números foram divulgados hoje (13) pelo Ministério da Saúde.

Os médicos confirmados representam 2,4% da demanda total (16.625 médicos) apresentada pelos 4.025 municípios e os 35 distritos indígenas participantes do programa.

Os municípios do interior e as regiões com maior vulnerabilidade social receberão 232 médicos, a maioria dos profissionais. Para as periferias das capitais e regiões metropolitanas, irão 157 médicos, e 11 irão trabalhar em distritos indígenas.

A maioria dos profissionais será direcionada para cidades da Região Nordeste (160), em seguida estão as regiões Sudeste (90), Centro-Oeste (66), Sul (43) e Norte (30). Na lista de estados, Goiás receberá 48 médicos, acompanhado de Ceará (42), Bahia (35), Pernambuco (33), Minas Gerais (32), São Paulo (27), Paraíba (26), Rio de Janeiro (24) e Rio Grande do Sul (15).

Com a definição dos locais onde os médicos brasileiros atuarão, os estrangeiros poderão optar entre os postos remanescentes.

Até o momento, 410 profissionais com diploma de outros países concluíram a inscrição no Mais Médicos. A partir da meia-noite desta sexta-feira (13) até domingo (15), as vagas remanescentes serão oferecidas, primeiramente, aos brasileiros graduados no exterior e em seguida aos estrangeiros.

A segunda seleção foi aberta no dia 19 de agosto para adesão de novos municípios e médicos brasileiros e estrangeiros, que puderam se cadastrar até o dia 30 de agosto. Os profissionais selecionados nesta etapa iniciarão as atividades na primeira quinzena de outubro.

 

 

 

Fonte: Exame

 

Comentar

Código de segurança
Atualizar

Joomla templates by a4joomla