O Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde apresentou, em reunião realizada nos dias 27 e 28 de janeiro, o projeto Viva Melhor Sabendo, que está implementando o teste rápido por fluido oral para aids.

 

Para a execução do projeto, o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fundação Oswaldo Cruz (Bio-Manguinhos/Fiocruz) entregou 26.600 testes de reativos para diagnóstico do HIV - que fazem a detecção em cerca de 20 minutos.

O site da Fundação Oswaldo Cruz informa que os testes estão sendo conduzidos por representantes de 40 ONGs capacitadas pelo D-DST a realizar o procedimento.

 

 

 

Fonte: Exame Info

Comentar

Código de segurança
Atualizar

Joomla templates by a4joomla