Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Tecnologias como blockchain, realidade aumentada, reconhecimento facial e uso de bots devem se tornar ainda mais populares em 2018, de acordo com uma lista publicada pela Fortune.

 

Segundo a publicação, esses recursos tecnológicos deverão ser usados para melhorar serviços que já existem e criar novas soluções que prometem facilitar a vida dos consumidores.

 

Confira a seguir por qual motivo essas tecnologias são tendências e como cada uma delas poderá ser aplicada no próximo ano:

 

IoT se torna BIoT


Por questões de segurança ou qualidade de conexão, a internet das coisas (IoT) ainda não tem todo seu potencial explorado.

Mas a combinação da IoT com o blockchain – tecnologia por trás do bitcoin que cria um registro digital e reduz as chances de um ataque hacker – daria origem a uma série de soluções e novos serviços. Seria possível, por exemplo, conectar e gerenciar de uma maneira mais inteligente os semáforos na hora do rush.

 

As fintechs continuam muito em alta


Tecnologias como blockchain, biometria, reconhecimento facial e de voz, devem abrir uma série de oportunidades para as startups financeiras em 2018.

Além disso, a computação quântica deve acelerar o processamento de dados em um milhão de vezes se comparado aos microprocessadores de hoje. Isso reduzirá drasticamente o uso de energia usada para minerar as moedas digitais.

As criptomoedas, aliás, devem se tornar cada vez mais populares já que as instituições financeiras devem passar a negociá-las do mesmo modo que as moedas tradicionais.

 

Realidade aumentada deve bombar


Depois do boom causado pelo game Pokémon Go, a indústria do entretenimento e grandes empresas de outros setores passaram a olhar com mais atenção para a realidade aumentada.

Aplicada em óculos, essa tecnologia poderia, por exemplo, traduzir para o português todas as informações em placas e vitrines quando você caminhasse por um país de outra língua. Além disso, a realidade virtual poderá ser aplicada na embalagem de produtos, possibilitando que um personagem ou celebridade o apresente ao cliente nas prateleiras do supermercado.

 

O ano dos bots


O uso de bots com capacidade de se comunicar naturalmente deverá se tornar popular no atendimento ao cliente.

Além disso, os robôs deverão se tornar conselheiros, que avisarão as pessoas a hora de tomar um medicamento e fazer alertas sobre uma compra que pode te fazer ultrapassar seu limite de crédito. Em 2018, as empresas deverão investir mais na criação desses bots do que em aplicativos.

 

 

Fonte: Olhar Digital

Comentar

Código de segurança
Atualizar