Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Um forte terremoto de magnitude 7,6 na escala de Richter atingiu a área do Caribe, entre Honduras e Cuba, e provocou um alerta de tsunami que poderia afetar o México, Porto Rico e outros territórios, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês).

 

O centro americano calculou que a potência do tremor tinha sido, em princípio, de magnitude 7,8 na escala Richter, mas posteriormente o rebaixou para 7,6.

 

De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o tremor aconteceu por volta das 23h (horário local, 1h de Brasília, desta quarta-feira) e sua origem estava a 44 quilômetros ao leste do arquipélago das Ilhas de Cisne, que pertencem a Honduras e localizadas no noroeste do Mar do Caribe.

 

Por sua vez, a Comissão Permanente de Contingências (Copeco) de Honduras registrou o tremor a 66 quilômetros das Ilhas de Cisne, mas até o momento não há informações sobre danos.

 

O tremor, que teve 10 quilômetros de profundidade, aconteceu no mar, entre a ilha de Cuba e as costas de Honduras e Belize, segundo mostram os mapas do USGS.

 

Conforme detalhado pelo centro, o epicentro foi localizado a 201,9 quilômetros da localidade de Barra Patuca (Honduras), de 2.758 habitantes, e a 245,2 quilômetros do município de Puerto Lempira, que reúne 4.856 pessoas, assim como a 303,1 quilômetros de George Town, nas Ilhas Cayman.

 

Aparentemente, o epicentro do terremoto está distante dos centros urbanos, mas por enquanto não se conhece qual pode ser seu alcance.

 

Logo após o tremor, o Serviço Meteorológico dos EUA emitiu um alerta para a possibilidade de um tsunami para Cuba, Honduras, México, Ilhas Cayman, Jamaica, Belize e também as Ilhas Virgens e Porto Rico, territórios americanos recentemente devastados pelos furacões Irma e Maria.

 

As ondas podem atingir uma altura entre 0,3 e um metro de altitude acima do nível do mar.

 

Fonte: Exame

Comentar

Código de segurança
Atualizar