Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Halo Solar surge pela presença de microcristais de gelo em elevadas camadas da atmosfera.

Moradores de várias cidades catarinenses presenciaram, na manhã desta segunda-feira (26), um fenômeno meteorológico diferente no céu.

Um arco-íris se formou ao redor do sol criando um anel multicolorido. Além da capital Florianópolis, o fenômeno pode ser observado ao menos nas cidades de Blumenau, Antônio Carlos e Biguaçu.

Segundo o meteorologista Franco Nadal Villela, do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), o círculo luminoso tem um nome: halo solar.

Villela explicou que o halo surge pela presença de microcristais de gelo em elevadas camadas da atmosfera (troposfera). “Esses cristais promovem a refração da luz formando esse halo em volta do sol”, disse.

“O princípio de formação do halo é parecido com o do arco-íris, só que em outros ângulos”, complementou.

Para aparecer, o halo necessita de um tipo bem específico de nuvem: a cirrus, que contêm os minúsculos cristais de gelo. “Não é um fenômeno raro de se ver. No entanto, ele desaparece muito rápido porque em altas altitudes, as correntes de vento são muito fortes e dissipam as nuvens facilmente.”

Comentar

Código de segurança
Atualizar