Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Telas podem ficar sempre ligadas.

Resultado de imagem para tvs qled

A Samsung apresentou nesta terça-feira (29) a sua nova linha de TVs QLED 2018 para o mercado brasileiro. Os aparelhos são os mesmos que a marca mostrou ao mundo durante um evento em Nova York em março deste ano.

Dessa forma, o recurso mais interessante dessas TVs é o que a fabricante chama de “Modo Ambiente”.

Essa novidade basicamente transforma a TV em um item de decoração ativo e personalizável na casa do usuário. Isso porque a tela pode permanecer sempre ligada, exibindo imagens estáticas ou em movimento.

Ainda assim, a Samsung afirma que as TVs consomem bem pouca energia nesse modo. "Elas gastam mais ou menos a mesma energia consumida por um decoder de TV por assinatura", explicou Érico Traldi, um dos responsáveis pela divisão de TVs da Samsung no Brasil.

Com o Modo Ambiente, é possível fazer com que as televisões QLED 2018 da Samsung se camuflem no ambiente. Elas podem replicar a decoração da parede atrás delas direto na tela e ainda permitem que o usuário personalize esse espaço com fotografias ou qualquer outro elemento, como relógio, previsão do tempo, e por aí vai.

Outro grande destaque é a Conexão Única Invisível, um cabo fino que transmite energia e dados da base para a tela da TV, que são equipamentos separados. Essa base então pode ser posicionada dentro de um móvel ou mesmo em outro cômodo para conectar coisas como receptores de TV por assinatura, players de DVD e Blu-ray ou mesmo consoles de videogame.

Tudo fica“escondido”, permitindo que a tela se integre ao ambiente sem qualquer tipo de fio aparente ou equipamentos que não combinam entre si.

 

Modo ambiente Samsung

TV QLED em Modo Ambiente, se camuflando conforme a decoração

 Por padrão, as TVs QLED 2018 contam com um “cabo invisível” de 5 metros na caixa, mas é possível comprar um adicional de 15 metros para posicionar o aparelho em ambientes muito grandes. Quanto à questão do controle remoto, não há com o que se preocupar, pois o controle único das novas TVs é capaz de gerenciar todos esses dispositivos através de suas conexões com a base.

“Esse é um dos benefícios mais adorados pelos nossos consumidores em todas as pesquisas que a gente faz”, revelou Traldi.

Controle único

Controle único permite acessar todos os aparelhos conectados à TV

Qualidade de imagem

A Samsung afirma que suas novas TVs possuem a melhor qualidade de imagem do mercado em vários aspectos. A empresa diz que o seu QLED tem mais contraste que os OLED da LG, por exemplo. O curioso é que, nas demonstrações, é muito difícil diferenciar um painel QLED de um OLED de fato no que diz respeito à profundidade dos pretos.

Com essa tecnologia, a Samsung ainda não consegue desligar completamente a luz de cada pixel, como acontece nos OLED, mas é capaz de apagar faixas ou zonas do display para melhorar o contraste. Assim, se você está assistindo a filmes ou séries gravados em ambientes escuros, é possível que ambas as tecnologias tenham desempenho similar.

Alguns dos modelos QLED também trouxeram um HDR melhorado em comparação com os do ano passado, mas isso só chegará ao top de linha.

Cabo invisível

Conexão Única Invisível permite colocar a tela em um canto da sala, e sua base conectada a equipamentos dentro de um móvel, totalmente discreto

 

A Samsung terá quatro linhas de TVs QLED 2018 no mercado brasileiro: as Q6 – de entrada – em três tamanhos; as Q7 intermediárias em três tamanhos; a Q8 com tela curva em 65’’ apenas; e a Q9 top de linha somente em 75’’.

Essa última é a que possui o “HDR 2000”, para intensificar a cor das imagens.

Ainda sobre esse aspecto, a Samsung afirma que suas novas TVs conseguem alcançar 100% do volume de cor em todas as situações, mesmo em ambientes muito ou pouco iluminados.

Todas elas contam com uma matriz de 10-bit de cor, o que resulta, portanto, em mais de 1 bilhão de cores diferentes que poderiam ser exibidas.

Extras

A Samsung está entregando a sua assistente digital nessas TVs para o mercado brasileiro, mas existe um “porém”. Ela só funciona em inglês e só pode ser acessada caso o sistema do televisor esteja configurado nesse idioma.

Em português, ela tem apenas o S Voice, que é uma ferramenta bem mais básica, capaz de entender comandos de voz simples.

Outra coisa interessante é o fato de esses novos produtos poderem funcionar como uma espécie de hub para o SmartThing, a plataforma de IoT da Samsung que permite conectar diversos produtos da coreana e até de outras marcas com a ajuda de um dispositivo extra.

Samsung QLED

Preço e disponibilidade

Todas essas TVs chegarão ao mercado brasileiro em julho deste ano, depois da Copa do Mundo de 2018. Quando a empresa lançou os novos produtos em Nova York (EUA), parecia que o objetivo era trazê-las para cá antes desse evento esportivo, mas isso acabou não se concretizando.

De olho na Copa do Mundo, Samsung traz nova TV QLED com pontos quânticos.

Embora ainda não tenhamos preços definidos para nenhum dos modelos ou tamanhos dessas TVs, Traldi explicou durante o evento de lançamento em São Paulo que eles vão variar de R$ 4.999 até R$ 80 mil, considerando a Q6 mais básica até a Q9.

É bom detalhar também que os três tamanhos da Q6 não possuem a conexão invisível, que permite esconder os equipamentos em um local distante da tela.

Fonte: TecMundo

Comentar

Código de segurança
Atualizar