Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O Mac Pro 2019 é a nova versão do desktop para uso profissional da Apple. O dispositivo foi anunciado nesta semana, durante a WWDC 2019.

conferência para desenvolvedores que acontece até 7 de junho na Califórnia, onde a empresa também revelou os sistemas iOS 13, iPadOS e macOS Catalina. Com lançamento previsto para o segundo semestre deste ano e preço inicial de US$ 5.999 (cerca de R$ 23,4 mil em conversão direta, sem impostos), o novo Mac Pro é, de longe, o dispositivo mais poderoso já comercializado pela Apple

Essa é a primeira grande atualização do Mac Pro desde 2013. A novidade mais evidente é o retorno do tradicional gabinete modular, que permite fazer upgrades sem complicação. Além dele, a companhia também anunciou o novo monitor Pro Display XDR, com 32 polegadas e resolução 6K Retina. O acessório não é obrigatório, mas promete tornar o uso do novo Mac muito melhor. A seguir, confira a ficha técnica do novo e poderoso Mac Pro. Vale ressaltar que a Apple confirmou a chegada do produto no Brasil ainda em 2019, mas não deu detalhes sobre data e preço de lançamento.

Fica técnica - Mac Pro

Lançamento: quarto trimestre de 2019 (outono norte-americano)
Preço: a partir de US$ 5.999 (R$ 23,4 mil em conversão direta)
Processador: Intel Xeon W de 8 até 28 núcleos
Armazenamento interno: até 4 TB SSD
RAM: até 1,5 TB DDR4 ECC
Placa de vídeo: AMD Radeon Pro 580X até AMD Radeon Pro Vega II Duo
Recursos extras: placa de aceleração Apple Afterburner
Conexões: Thunderbolt 3 (compatível com USB-C e DisplayPort), USB-A, entrada Ethernet de 10 GB e entrada de fone de ouvido 3,5 mm
Dimensões: 52,9 cm x 45 cm x 21,8 cm
Peso: 18 kg


Design

O Mac Pro 2019 marca o fim do formato “lixeira” e o retorno do visual “ralador de queijo”, que ficou famoso com o primeiro modelo da série. A mudança não foi meramente estética, visto que, apesar de chamativo e revolucionário, o design em forma de cilindro causava problemas de superaquecimento e dificultava o upgrade dos componentes. Em 2017, a própria Apple admitiu que errou no projeto.

A nova versão do Mac Pro, no entanto, resolve esses problemas de uma vez só. Toda a parte interna do gabinete pode ser revelada ao puxar uma alça na parte superior do case. Segundo a empresa, a torre foi desenhada como um sistema modular, permitindo trocar as peças e fazer upgrades em poucas etapas. Além disso, na parte frontal estão três coolers grandes, que resfriam os componentes e garantem desempenho máximo por mais tempo. Por fim, se o design anterior tinha mobilidade única, o novo Mac Pro vai trazer rodinhas para facilitar o transporte.

 

Desempenho

Os detalhes revelados até agora sobre o Mac Pro 2019 mostram que a Apple não está brincando quando diz que esse é seu computador mais poderoso até o momento. O processador Intel Xeon do dispositivo poderá ser customizado com até 28 núcleos (cores) e a memória RAM DDR4 ECC pode ser expandida para até 1,5 terabytes.

O computador da Apple virá de fábrica com a nova placa de vídeo AMD Radeon Pro Vega II, mas oferece a possibilidade de usar duas GPUs com a Pro Vega II Duo. Além disso, o novo Apple MPX Module acrescenta novas entradas PCI Express para placas de vídeo, permitino usar até quatro GPUs simultaneamente e em alta velocidade.

O desktop ainda vai contar com a nova placa Apple Afterburner, que promete ajudar quem trabalha com edição de vídeo. De acordo com a empresa, graças ao novo componente, até três vídeos em 8K podem ser editados ao mesmo tempo diretamente da câmera.

 

Recursos

A caixa do novo Mac Pro vai vir com um teclado Magic Keyboard, um mouse Magic Mouse 2 e um cabo USB-C - Lightning. Na parte traseira do gabinete, há duas entradas Thunderbolt 3, duas portas USB-A e duas entradas Ethernet de 10 GB. Já na parte superior, estão duas entradas Thunderbolt 3. O desktop ainda conta com um alto-falante interno e uma entrada para fone de ouvido de 3,5 mm.

O sistema operacional do computador será o macOS Mojave, embora seja bastante provável que ele seja atualizado para o recém-anunciado macOS Catalina, que terá mais recursos de acessibilidade (como o controle por voz), novas funções de segurança e o Projeto Catalyst, que permite gerar aplicativos para iPhone, iPad e Mac com o mesmo código.

 

Tela - Pro Display XDR

Junto com o Mac Pro 2019, a Apple anunciou ainda o novo monitor Pro Display XDR. Com 32 polegadas e resolução 6K Retina (6016 pixels x 3384 pixels), o dispostivo conta com suporte à tecnologia XDR (Extreme Dynamic Range), com brilho máximo de até 1600 nits e contraste de 1 milhão:1. Apesar do item não ser obrigatório, já que o Mac Pro funciona com qualquer display com entrada Thunderbolt, a ideia é que ambos os produtos se complementem: até seu design casa bem com o Mac Pro. O visual “ralador de queijo” também está presente na parte de trás do monitor.


Apple Mac Pro 2019 e monitor Pro Display XDR: produtos que se complementam — Foto: Divulgação/Apple Apple Mac Pro 2019 e monitor Pro Display XDR: produtos que se complementam — Foto: Divulgação/Apple
Apple Mac Pro 2019 e monitor Pro Display XDR: produtos que se complementam — Foto: Divulgação/Apple

Com vendas programada para o outono norte-americano (primavera no Brasil), o Pro Display XDR vai ter preço inicial de US$ 4.999 (cerca de R$ 19,4 mil). O monitor terá duas opções de suporte: o Pro Stand (que sairá por US$ 999, ou cerca de R$ 3,9 mil) e o adaptador Vesa (que custará US$ 199, ou cerca de R$ 773).

 

FONTE: techtudo

Comentar

Código de segurança
Atualizar